«

»

Jun 09

SUP Race na Baía do Funchal na 2.ª Etapa do Circuito Regional

Realizou-se ontem a 2ª prova de SUP Race 2015, desta feita, na vertente de longa distância, numa organização da ASRAM e CTM em parceria com a Fullzoom e DN Madeira.

Com vários percursos sugeridos para esta etapa, por forma a evitar condições menos boas para o desenrolar da prova, foi o vento que acabou por criar algumas dificuldades aos concorrentes.

largada Feminino

Pelas 16:00 da tarde, a organização optou pelos percursos a oeste da baía, uma vez que a essa hora, não havia praticamente vento nenhum. No entanto, pelas 17:00, hora da largada, entrou vento do quadrante oeste, com uma intensidade que chegou a atingir os 12 nós, o que obrigou os atletas a vencer metade do percurso contra o vento e ondas, tornando a evolução bastante lenta e exigente. 

Largou às 17:00 o sector feminino, para um percurso de 6,2 km, largando da rampa de São Lázaro, contornando a pontinha e deslocando-se até ao ilhéu da Forja. Rondando este ilhéu, regressaram ao ponto de partida, na rampa de São Lázaro.

Pódio Classe 12.6 Principal

Tal como na primeira prova de SUP Race de 2015, Louisa Blandy do Centro Treino Mar – CTM, dominou por completo a prova, tendo terminado a prova com o tempo de 1h12m19s, relegando para o segundo posto Margarida Sousa, também do CTM, que terminou 3 minutos depois. No derradeiro lugar do pódio, grande destaque para Sophie Moreau, de 14 anos, curiosamente filha da vencedora, que com o tempo de 1h30m05s, levou a melhor sobre as restantes concorrentes. 

Na classe allround, e para um percurso de 7 km, que consistia na largada de São Lázaro, rondagem do ilhéu do Gorgulho e regresso ao ponto de partida, João Viveiros, do Ludens Clube de Machico, voltou a dominar esta classe, terminando o percurso em 1h02m50s, deixando Daniel Jardim e Daniel Drumond, ambos do CTM, a 5m20s e 6m40s respectivamente.

Podio Feminino

Já na classe 12’6’’, tal como esperado, assistiu-se a uma disputa fantástica entre Ricardo Rodrigues, actual campeão regional e vice campeão nacional de 2014, João Rodrigues, que trocou mais uma vez a prancha à vela por uma prancha de SUP, ambos do CTM, e Ruben Afonso, do Clube Naval de São Vicente – CNSV. Este último, com uma largada muito rápida, tomou a dianteira da frota logo no início. Já fora da pontinha, no percurso contra o vento, Ricardo Rodrigues e João Rodrigues tomaram a dianteira, trocando sucessivamente de posição na liderança até à rondagem da bóia junto à Ponta da Cruz. Já no percurso de regresso a São Lázaro, Ricardo Rodrigues tomou a dianteira, com João Rodrigues logo na sua peugada. Este viria a ficar preso num saco de plástico perto do lido, perdendo contacto quer com Ricardo Rodrigues, quer com Ruben Afonso, que entretanto havia recuperado um pouco do atraso que tinha. Estas posições mantiveram-se até à meta, com Ricardo Rodrigues a vencer a prova de 9,5 km, com o tempo de 1h08m58s, logo seguido de Ruben Afonso, que cortou 8 segundos depois do vencedor. Mais atrás, ficou João Rodrigues, terminando com o tempo de 1h10m18s.

Finalmente, já ao fim do dia, os esperanças, com idades inferiores a 10 anos, fizeram um percurso entre São Lázaro e o Cais da Cidade, com a vitória a sorrir a João Sousa, com a sua irmã Maria Sousa a terminar em segundo e finalmente, Helena Sousa a compor o pódio deste escalão.

No final do dia, procedeu-se à entrega de prémios desta 2ª etapa do Regional de SUP Race, no Marginal club, com um convívio final entre todos os participantes.

Esta prova contou com os patrocínios de VESPAS, BRISA, ERICEIRA SURF SHOP e Apoios da Meio, Câmara Municipal do Funchal, FPS, MI-TI, Life-Ecocompatível e Parque Natural da Madeira.