«

»

Set 16

Surfistas Navalistas regressam do Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2015

surf_posjuniorcup15

Três surfistas navalistas participaram no Junior Cup – Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2015 que se disputou no segundo fim-de-semana de setembro, dias 12 e 13, nas praias do Porto e de Matosinhos. Tomás Lacerda em Sub-18, Lourenço Faria em Sub-18 e Sub-16 e Francisco Ornelas em Sub-16 competiram nesta prova organizada pela Onda Pura – Produção de Eventos, com o apoio da Federação Portuguesa de Surf e da Associação Onda do Norte com a colaboração das Câmaras Municipais do Porto e de Matosinhos.

André Rodrigues, coordenador do surf do Naval comenta-nos, «O balanço é positivo tendo em conta os objetivos de cada um e as expetativas que tínhamos, principalmente da parte do Francisco Ornelas. O facto de ele ter chegado aos quartos-de-final faz com que a Madeira para o ano tenha mais uma presença no escalão de sub-16 porque uma vez que ele ficou no top 16, é-lhe automaticamente concedido mais uma vaga para 2016.» O atleta ficou em 4º lugar no seu heat nos quartos-de-final.

Já Lourenço Faria, que participou nos dois escalões, sub-16 e sub-18, explica-nos que no seu heat de sub-16 esteve sempre em segundo lugar, onde a três minutos do final, perdeu o segundo lugar para o seu colega de equipa, Francisco Ornelas. Lourenço adiciona também que no escalão dos sub-18 teve um heat deveras difícil pois teve como adversários Guilherme Fonseca, que terminou o campeonato em 1º lugar, e Jácome Correia, que terminou o campeonato em 2º lugar. O surfista ficou em 3º lugar no seu heat nos sub-16 e em 4º no heat nos sub-18, ambos na 1ª ronda de cada escalão.

Quanto ao jovem Tomás Lacerda, que com apenas 12 anos competia nos sub-18 e ficou em 4º lugar no heat da 1ª ronda desse escalão, este confessa-nos, «Ao longo do primeiro dia de prova, as ondas estavam perfeitas e no meu heat nada mudou mas infelizmente perdi. Mesmo não tendo passado o meu heat, adorei a experiência de surfar com adversários com um nível superior ao meu. Quero agradecer a toda a minha família, em especial aos meus avós, ao Clube Naval do Funchal, ao meu treinador e a todos os meus patrocinadores.»

Texto: Salvador Freitas